Certamente você já ouviu muitas vezes a expressão “feedback”. Eu creio que muitas, aqui neste texto, vamos usar a tradução literal do português: falar na cara. Cunhada pelo mundo corporativo, o falar na cara, ou “feed” como alguns abreviam o inabreviável, é a chave do sucesso nos relacionamentos profissionais.

Bom, creio que disso todos saibam. O nosso tema de hoje é a importância de dar um feed, ou falar na cara de alguém, como ferramenta de crescimento pessoal e profissional. E isto vale para todos, líderes e liderados, trabalhadores e patrões. Escritores e leitores.

Como é bom quando alguém chega para a gente e fala alguma coisa para melhorarmos. É tão difícil receber a crítica, porém eu digo queridos, é muito difícil formular ela também. Porém, nossa missão aqui é seguir evoluindo, e digam-se agora, sem pestanejar: quantas vezes poderíamos ter melhorado a vida de alguém, dizendo-lhe, francamente, que para aquele momento seria necessário agir diferente. Um cabelo desalinhado, uma roupa de balada em uma reunião de negócios, são coisas simples, para quem se liga no recado. Contudo, para algumas pessoas, uma dica valiosa.

É tão importante falar, ensinar. A gente precisa multiplicar conhecimento, nem que seja o nosso próprio. Quantos talentos não desperdiçamos em nossas seleções, por não falar a verdade, não falar na cara, o feed necessário para que aquela pessoa, talentosa – por si só –, não reveja um hábito e torne-se ainda melhor.

Já que estamos no tempo do falar, mesmo que este falar seja mediado pelas redes sociais, valos falar na cara, vamos ajudar a construir relações melhores? Vamos dar o feedback a quem necessita, de uma forma amiga e justa. Toda crítica que é bem fundamentada é construtiva, não se esqueça disso. Fale na cara, nos comentários deste texto!

Por Marcos Aurélio Delavald,
Especialista na comunicação mediada pela plataforma digital.
Imagem: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.