Já falamos aqui sobre o uso do tempo. Como organizar seu tempo, administrá-lo, fazê-lo virar dinheiro, e isso faz tempo… Hoje quero te provocar, prezado leitor. Como tu tens vivido o teu tempo? No mundo dos negócios, quando se fala em uso do tempo, em gasto do tempo, ou ocupação do tempo, fala-se em dinheiro, invariavelmente. Mas na tua vida pessoal, como tu preenches os “espaços” em branco do teu tempo?


Esta inquietação vai ao cerne da questão de qual é a nossa prioridade de vida. A quem diga que a prioridade é o trabalho, e isto é justo, sob o ponto de vista econômico, da realização pessoal e do que cada um quer para si, para o futuro e para os seus.

Mas também é preciso viver. Preciso ter “brancos” no relógio da vida para viver o tempo. Como tu tens vivido isto? Viver o tempo é saber o que realmente se quer para si, quais são os desejos, metas e prioridades. Tudo bem que neste tempo “todo”, a maior parte seja dedicado ao trabalho, como alguns preferem, mas a vida é muito mais…

E para viver este tempo, o tempo da vida, a chave é encontrar o ponto de equilíbrio entre o gasto com trabalho e afazeres e com o espaço “em branco” da vida pessoal – importante tanto quanto a dedicação à carreira, tenha isso em mente sempre. 

E achar a chave que abre este ponto de equilíbrio passa pela eliminação daquelas tarefas desnecessárias, aquela famosa perda de tempo que tu vives a dizer. Elimine-a, este é o primeiro passo rumo à esta configuração de vida, de tempo de vida. Tente livrar-te daquilo que também não te traz nenhuma satisfação. 

Modificar tudo isso é um processo lento, faz parte de uma nova configuração de tempo, de vida e de prioridade. Mas faz parte do teu processo particular de transformar o tempo, viver teu tempo e tornar a tua vida mais feliz e produtiva. Vamos lá, mãos à obra, pois tempo está passando e o vindouro 2019 já está na segunda metade.

até a próxima semana 

Por Marcos Aurélio Delavald,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.