Pesquisa mostra que a publicidade digital é um caminho sem volta, e que marcas sem presença on-line estão fadadas ao insucesso

Um relatório recente do Kantar Ibope Media nos faz ter a convicção que a publicidade digital é um caminho sem volta, e que marcas sem presença on-line estão fadadas ao insucesso. 

Ao redor do mundo, em 2018, o uso de redes sociais digitais alcançou a marca dos 40%. De cada dez habitantes da Terra, quatro estão conectados, e pelo menos passam duas horas por dia em frente à tela de conexão com este admirável mundo novo. 

Bom… O relatório é tão extenso, que terei que repartir em partes (artigos) o tema com meus queridos leitores. 

Mas, o que podemos antecipar aqui, já nesta introdução é que todos terão que se render a inteligência artificial que multiplica negócios, pois o domínio do Facebook e das demais redes sociais não pode mais ser ignorado.

Isto porque o Facebook construiu uma fortaleza de dados sobre seus usuários. Gosto, tipo de amizade, preferência e lugares que o usuário costuma frequentar são alguns dos tesouros de Mark Zucherberg, o dono do Facebook. 

Com esta inteligência, ele e os seus concorrentes automatizaram a publicidade, fazendo com que o consumidor receba a informação da marca sem muito esforço, na tela de rolagem de sua rede social. Já dissemos isto aqui, mas não custa-nos repetir: é preciso dominar esta ferramenta, de forma urgente. 

Mesmo em meio à crise da fakenews e os problemas de segurança enfrentados pelo Facebook em 2018, o cenário para ele é promissor demais em 2019. 

Serão US$ 70 bilhões em receita de publicidade, estimada para este ano, tá bom, ou quer mais? As redes sociais e a de Mark é a principal delas, se tornaram grandes conglomerados de tecnologia e informação, de forma que, quem não está nelas, inexiste. Sócrates diria: “penso, logo existo”. Mark: “estou no Facebook, logo existo”. 

A inteligência artificial, pesquisa ao redor do mundo é a grande ferramenta das redes sociais, para alavancar negócios e tornar rentável a própria lógica das conexões sociais. Se 40% da população do mundo está na rede, impossível é estar fora dela, muito menos ignorar que a inteligência artificial é uma ferramenta necessária no business atual. 

Mas não adianta só anunciar. Gastar uma grana com publicidade paga no Facebook, Instagram e outras plataformas. É preciso saber comunicar, entender o que o cliente quer o que ele busca, e, sobretudo, fazer uso da tecnologia para potencializar este valor empregado.

Com tanta tecnologia à disposição, capaz de conseguir alcançar a busca mais refinada por produtos na internet, só é possível atingir o êxito nos negócios com o uso correto destas forças digitais. 

Na próxima semana iremos tratar do poder dos algoritmos e a precisão com que as ferramentas digitais vão ao encontro dos seus objetivos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.