Estimado leitor, estamos em meio a nossa programação para o planejamento de 2019. Você que leu nosso artigo na semana passada, vamos agora pensar sobre finanças vendas. Um é o coração do seu negócio, o outro, pode ser muitas vezes o próprio negócio. Quem ainda não é dono do seu nariz, quem sabe no ano novo a gente não muda esta realidade? Vamos lá…
Você sabe quanto seu negócio custa? Quanto lhe sai para manter porta aberta, funcionários e impostos. É importante saber na ponta da língua este número, pois ele delimita o valor de investimento e faz com que você saiba quanto lhe custa seu negócio. Depois de saber disto, vamos planejar o faturamento para ter fluxo de caixa e rentabilidade durante o ano.
Não dá para trabalhar sempre no limite das contas. Também é preciso saber em quais meses do ano se ganha mais, para direcionar pagamentos e investimentos para aquelas datas. Não adianta querer reformar sua loja em meses de janeiro e fevereiro, onde o faturamento baixa por conta das férias. A menos que seu negócio seja focado no verão, mas dai fazer uma reforma em meio ao movimento, complicado, né?
Se você venda a prazo, tenha tudo controlado. No fim de cada dia, ou semana, atualize sua planilha para saber quanto você tem a receber, esta ação ajuda a executar seus planos e estimar ao longo do ano quais são as suas movimentações a prazo. Importante aqui também é calcular a inadimplência. Ninguém gosta de perder recursos, porém, é necessário que se faça o cálculo em cima da média. Este índice pouco varia, quero dizer, os devedores não aumentam tanto de número de um ano para outro, mas sempre é importante contar com eles na hora de planejar seus recursos.
Planejar as vendas do próximo ano é tão importante quanto fazer a programação financeira por meio do planejamento de caixa. O plano de vendas é que é responsável pela execução do faturamento e dos outros “planos” de seu negócio.
Saiba quanto preciosa vender para conseguir atingir seus objetivos. Aprenda a definir preço de venda, levando em conta toda a carga de tributação e a despesa fixa, que a gente fez no planejamento financeiro, lembra?
Saiba que o consumo é sazonal, de tempo em tempo muda e durante todo ao no existem datas importantes como dia das mães, pais, crianças, Páscoa, Natal… Isto tudo se repete e seu estoque precisa estar programado para esta combinação de datas. Neste mesmo planejamento, defina quais canais de venda você irá usar se irá inovar… Por onde? Internet, telefone, robô… A venda é a essência do negócio. Hoje falamos de caixa e venda. Na semana que vem de pessoal e empreendedorismo. Se liga!

Marcos Aurelio Delavald

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.